Você sabe o que é o Coitadismo, e Como se Livrar dele?

 
Foto: kellepics

           Pena de si mesmo, autopiedade, papel de vítima e coitadismo são palavras diferentes para a mesma coisa. Segundo Augusto Cury "O coitadismo é a arte de ter compaixão de si mesmo. O coitadismo é o conformismo potencializado [...] Vai além do convencimento de que não é capaz, entra na esfera da propaganda do sentimento de incapacidade. [...] Nem todo conformista é um coitadista, mas todo coitadista é um conformista." (Para saber mais sobre o conformismo clique aqui).

           É fácil reconhecer uma pessoa coitadista: ela está sempre reclamando da vida, sempre se lamentando, é extremamente pessimista e sua energia é tão pesada que ficar uns minutos perto dela drena nossa energia. Mas há graus diferentes de coitadismo e por isso nem sempre é fácil reconhece-lo. Mas uma coisa é certa todo mundo está sujeito a encara-lo em algum momento da vida. Como reagiremos a ele é o que fará toda a diferença.

Foto: Flachovateresa

Reconhecendo o coitadismo:

- Fique atento aos pensamentos derrotistas:
"Não adianta tentar, não vai funcionar!", "Sou um fracassado!", "Comigo nada dá certo!" ,"Não tenho jeito!"
Observe como se sente com esses pensamentos, perceba o desanimo e a paralisia que eles provocam.

- Preste atenção ao que você anda falando:
Tem reclamado e se lamentado cada vez que vê um amigo? Quais são as primeiras palavras que saem da sua boca quando você encontra alguém, são otimistas ou pessimistas?


Como se livrar do coitadismo:

Foto: lechenie-narkomanii



- Conscientize-se do que você sente, aprenda a reconhecer seus sentimentos e emoções.


Foto: Free-Photos


- Não espere elogios de ninguém, seja você o primeiro a se elogiar. Motive-se!


Foto:StockSnap


- Aprenda a cuidar de si mesmo. Faça exercícios, cuide da alimentação. Fortalecendo o corpo, e cultivando bons hábitos você fortalece a mente.


Foto: sasint


- Tenha ambição de mudar. Cury firma que "desejo é uma intenção superficial. Ambição é um projeto de vida. Desejo é alicerçado pelo ânimo, ambição é alicerçada pela garra." É na ambição que reside os agentes capazes de modificar sua vida.


Imagem: ElisaRiva


- Questione suas próprias percepções. Amy Morin, psicoterapeuta norte-americana, afirma: "Nosso estado emocional influencia o modo como percebemos a realidade. Quando você sente pena de si mesmo, você já espera que coisas ruins aconteçam em sua vida, enquanto não percebe as boas."


Foto: jeh6


- Invista seu tempo em uma atividade nova, faça um curso ou melhore o que você já sabe fazer. Aperfeiçoe-se.


Foto:google


- Pratique a gratidão. Morin sentencia "É impossível sentir autopiedade e gratidão ao mesmo tempo. Autopiedade é pensar “Eu mereço mais”. Gratidão é pensar “Eu tenho mais do que preciso”. Pessoas mentalmente fortes reconhecem tudo aquilo que têm e são gratas por isso – desde o ar fresco que respiram até a água pura que bebem."
 

Foto:geralt


- Não reclame. Não perca tempo reclamando, pense o que você pode fazer para mudar, e se não puder aceite com sabedoria. Seja otimista. Acredite no seu potencial para lidar com qualquer coisa que apareça na sua vida. 


Foto: lldigo

Conclusão:

      O coitadismo é um atraso de vida. O tempo que se perde reclamando e se lamentando, seja para os outros ou para si mesmo, deveria ser aplicado na busca de soluções para os nossos problemas.  Mudar nossos hábitos e atitudes nem sempre é fácil. Mas se persistirmos com determinação é realmente possível e o ganho que teremos é imenso. Tome o tempo que precisar, respeite seu ritmo para mudar, mas persista. Vença. Cury salienta: "Quem quer o brilho do sol tem de adquirir habilidade para superar adversidades, tem de ser resiliente para atravessar o breu da soturna noite. A vida é uma grande aventura onde noites e dias se alternam. Não há milagres, só o milagre da vida."
     É interessante como tudo está relacionado. Algumas das recomendações que constam logo acima também fazer parte das recomendações para ter boa saúde do Deepak Chopra. Se você quiser conferir clique aqui.


Referências:
https://www.brasil247.com/pt/247/revista_oasis/290020/Coitadismo-Dez-regrinhas-para-escapar-da-armadilha-da-auto-piedade.htm 

Cury, Augusto - O código da inteligência - Rio de Janeiro - Ediouro, 2008

6 comentários via Blogger
comentários via Facebook

6 comentários:

  1. Vivian,

    Gostei das dicas. Acredito que todas elas são muito úteis para obtermos uma saúde mental plena.

    "Nem todo conformista é um coitadista, mas todo coitadista é um conformista."
    Frase muito profunda, vale a pena refletir sobre ela.

    Abraços,
    Simplicidade e Harmonia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, Rosana!
      Muito obrigada pela participação!

      Excluir
  2. Muito verdadeiro..O COITADISMO só faz mal. Nada acrescenta pois enquanto sentimos pena de nós mesmos, deixamos de crescer, andar pra frente, evoluir... Lindo feriado e ótimo MAIO! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente, Chica.
      Grata pela constante companhia.
      Ótima semana para vocês!

      Excluir
  3. Vivian, como está você?? Quanto tempo, amiga!!! Que bom que voltou e com 2 blogs ótimos, aliás como sempre. Colocarei teu blog na coluna do meu para te acompanhar.
    Quanto a esse 'coitadismo', como existe isso hoje, muitos são vítimas e como diz o texto... longe dessas criaturas, acabam estragando o ambiente em que estão, a reunião ou a amizade. E se for algum parente, pior! Podiam tomar uma atitude mais digna.
    Beijo pra você, uma boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tais!
      Fiquei um tempo afastada do blog por causa da faculdade, agora formada tenho mais tempo. E resolvi voltar.
      Obrigada pelo comentário e pelo carinho!

      Excluir

Sua opinião é muito importante.
Obrigada por deixar um comentário!

Quer ser avisado quando tiver post novo? Inscreva seu email é grátis!