Como ter saúde perfeita - Parte 1

Foto:evitaochel

            A primeira coisa que vem a mente quando pensamos em como ter uma boa saúde é na alimentação saudável  e logo depois em exercícios. E sem dúvida estas recomendações, velhas conhecidas de todos, são essenciais e devem fazer parte do nosso dia a dia. Mas não são as únicas. Abordarei outra vertente neste texto inspirado no livro Conexão Saúde do Dr. Deepak Chopra. 

     Todo mundo quer ter uma saúde perfeita. Mas nem sempre isso ocorre. Observando a nossa volta nos deparamos com pessoas que vivem doentes, mal se curam de uma doença já pegam outra, enquanto há pessoas que não pegam nem resfriado. E foi pensando nessa diferença que surgiram inúmeras pesquisas médicas para analisar este fato. A saúde perfeita é possível? O que precisamos fazer para tê-la? 


Foto:Tumisu


Entendendo o papel da mente na saúde física

          As teorias sobre inteligência emocional e inteligência positiva já vem afirmando e comprovando, através de pesquisas, no papel fundamental dos nossos pensamentos tanto na nossa saúde física quanto na nossa realidade diária. Segundo Deepak Chopra " A mente desempenha um papel crucial na gênese de todas as disfunções.[...] É obvio que as pessoas saudáveis são mais felizes que as doentes. E vários estudos vêm confirmando que o inverso também é verdadeiro: pessoas felizes são mais saudáveis que as infelizes. 

      A felicidade, que nada mais é do que ter pensamentos positivos a maior parte do tempo, provoca alterações químicas no cérebro que, por sua vez, exercem efeitos profundamente benéficos sobre o organismo. Por outro lado, pensamentos negativos ou depressivos causam alterações químicas que prejudicam o corpo.


Foto:Pexels

   Uma vez que controlamos conscientemente os pensamentos - escolhemos o que pensar-, é claro que a química cerebral pode ser controlada com facilidade. Pensar é exercitar a química cerebral. É ela que induz a secreção hormonal em várias regiões do cérebro, como o hipotálamo e a hipófise, e esses hormônios transmitem mensagens a todos os órgãos do corpo."

    Chopra afirma que " As profundas mudanças fisiológicas induzidas por pensamentos positivos levam à boa saúde porque são intermediadas por neurotransmissores estimulantes. Se o sistema imunológico estiver enfraquecido devido a raiva (tem um texto no blog falando sobre a raiva - para lê-lo clique aqui), a apatia, ressentimentos, conflitos e tristeza, então os pensamentos positivos aumentam a resistência do organismo à doença através de uma processo semelhante, cujo resultado é inverso."

       Tudo o que pensamos repetidamente se reflete em nosso corpo. Nossa vida é a soma de todos os impulsos, negativos ou positivos, que emanam  de nossa consciência. Ou seja, Somos o que pensamos.


Foto:IIdigo


Como usar os pensamentos a nosso favor?

          Chopra explica que "Para que os pensamentos curem, eles devem ser sinceros e constantes, pois quanto mais eles agirem sobre os neurotransmissores apropriados, mais os neurotransmissores poderão influenciar o cérebro." Aprender a reconhecer e a controlar nossos sentimentos e emoções é uma das chaves para a boa saúde, pois quando um deles assume é ele, sendo bom ou mal, que vai desencadear uma reação fisiológica correspondente.

         O psicólogo Abraham Maslow descobriu, após pesquisar inúmeros casos de pessoas bem sucedidas e saudáveis, "que tudo o que temos que fazer é buscar o melhor de nós. Ele percebeu que aquelas pessoas eram abertas para a vida, elas tinham certeza de criar o próprio destino. Toda vez que deparavam com um obstáculo externo, procuravam a solução dentro de si mesmas. Como se encaravam de maneira positiva seu corpo e sua mente trabalhavam juntos para manter a saúde. O essencial da descoberta foi que essas pessoas tinham a crença de que criavam alguma coisa. Esses momentos de descoberta e inspiração iam e vinham à sua revelia. Fora dessa grande vivência, até mesmo essas pessoas sofriam, definhavam e se sentiam confusas. No entanto, esses momentos especiais aconteciam em quantidades suficientes para torná-las seres humanos extraordinários."

           "Todos têm possibilidades de atingir um plano superior sem esforço nem sacrifício. Para isso é preciso pouco mais que mudar o conceito de normalidade." Em outras palavras, quando mudamos nosso modo de ver o mundo, quando mudamos as crenças que nos limitam e nos abrimos para o novo a mudança ocorre praticamente sozinha.


Foto:Klimkin


Conclusão da primeira parte:

       Resolvi dividir o assunto em duas partes para não ficar muito longo. Nesta primeira parte conhecemos como a mente interage e interfere com as funções do nosso corpo através de nossos pensamentos e emoções. Vimos também que é possível, embora não seja fácil, controlar nossas emoções e assim filtrar nossos pensamentos. Usando-os para o nosso próprio bem estar, em vez de contra nós mesmos. 

   Na segunda parte, que publicarei nesta sexta-feira, veremos como ter saúde perfeita através de pequenas mudanças na nossa rotina e técnicas que irão nos auxiliar a praticá-las. Lembre-se o conhecimento precisa ser posto em prática para dar resultados.


  *Faça uma reflexão, pergunte-se: Que tipo de pensamento estou repetindo continuamente? Como ando me sentindo? As respostas para estas perguntas indicarão que atitudes você pode mudar para melhorar.

Referências:


Chopra, Dr. Deepak - Conexão Saúde- São Paulo, 1991. Editora: Best Seller- Circulo do Livro

Imagens: Pixabay.com
       
12 comentários via Blogger
comentários via Facebook

12 comentários:

  1. Muito bom o post!!
    Pensar positivo sempre é o melhor a fazer. Mesmo que hajam situações desfavoráveis.E sempre haverá.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, pelo comentário, mana!
      Devemos estar sempre atentos para o que andamos pensando.

      Excluir
  2. Obrigada por este post que é uma "ajuda". Pensar positivo.
    Beijo.
    isa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz com isso, Querida Isa!
      Beijos e meu carinho!

      Excluir
  3. VIVIAN FERNANDES,

    postagem excepcional, didaticamente impecável e de cunho educativo muito bem formulado.
    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Paulo!
      Muito obrigada! Seja Bem-Vindo!
      Um abraço gaúcho para ti!

      Excluir
  4. Parabéns pela escolha e pelas belas conclusões do texto! Importantes! beijos, chiuca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Chica!!
      Tuas palavras e constante apoio me alegram muito! Grata!

      Excluir
  5. Olá, Vivian.
    Gostei do post, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico contente que você gostou, Ana!
      Muito obrigada!

      Excluir
  6. Vivian,

    Gostei muito do seu post, ficou muito bem escrito e de fácil entendimento. Vou guardar nos meus favoritos, pois é algo para ser lido sempre – e colocado em prática.

    Abraços,
    Simplicidade e Harmonia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grata, pelas gentis palavras!
      Fico muito feliz que o texto seja útil.
      Eu também guardei para posteriores consultas, é bom reler e ver o quanto melhorou nosso entendimento e também para percebermos se estamos praticando. É uma reflexão diária para quem quer melhorar.
      Muito obrigada!

      Excluir

Sua opinião é muito importante.
Obrigada por deixar um comentário!

Quer ser avisado quando tiver post novo? Inscreva seu email é grátis!